Como se organizar financeiramente para casar?

Conheça cuidados financeiros que os noivos devem ter antes de subir ao altar Um casamento envolve muitos detalhes e todos […]

4 Fotos

Conheça cuidados financeiros que os noivos devem ter antes de subir ao altar

Um casamento envolve muitos detalhes e todos eles costumam somar uma grana expressiva. Então, entrevistamos um economista para nos explicar como deve ser a organização financeira para o casamento.

Antes de mais nada, Ralph Rudnik, Mestre em Economia pela Universidade de Lisboa, explica que em um cenário ideal, os noivos devem começar com suas reservas individuais. 

“Essa reserva consiste em uma quantia igual ou maior que de 6 a 12 meses de suas despesas. Antes de se comprometer com um objetivo, cada pessoa deve ter uma reserva de valor para qualquer imprevisto financeiro”.  

Planejem sempre dentro da realidade financeira de vocês

Contudo, organização financeira demanda disciplina. Além disso, realidades diferentes precisam ser consideradas. Durante o pré – casamento os noivos costumam conciliar muitas contas, como: as da casa nova, construção ou reforma. Então, tudo isso deve ser lembrado para que o sonho do casamento não se torne um pesadelo financeiro.

“É extremamente necessário que o casal siga fiel ao planejamento traçado. Pela vontade de fazer a melhor festa possível, há um grande risco de acabar gastando mais do que havia planejado”.

Qual casal gostaria de começar a vida juntos com problemas financeiros, não é mesmo? Apegue-se ao seu orçamento e faça o melhor que puder sem ultrapassá-lo. O Lejour pode te ajudar a encontrar os melhores fornecedores. Aqueles que tem a cara do seu casamento e o preço que vocês podem pagar.

Como fazer com que o planejamento dê certo?

O economista dá detalhes de como tornar essa experiência uma lição financeira. “Supondo que há sua reserva de emergência, a pessoa já está acostumada a guardar dinheiro. Ela sabe qual o percentual do seu salário é possível poupar. Então, ela deve calcular quantos meses são necessários para atingir o valor meta e se planejar para reservar na poupança mensalmente”. Considerando que os noivos pensem em pagar o casamento à vista. 

Neste sentido, o especialista ressalta: “Se houver um bom desconto no pagamento à vista, vale a pena poupar e só se comprometer com os fornecedores quando tiver todo o dinheiro. Caso não haja grande diferença na negociação, pode-se optar pelo parcelamento .”

E se você puder adiar as parcelas para depois que casar?

A princípio, os noivos aprendem logo no começo que o casamento deve estar 100% pago alguns dias antes da data marcada. Pensando nisso, o Lejour criou uma solução.

A plataforma mais completa de casamentos tem toda a segurança que vocês precisam. No Lejour além da Compra Garantida, também há a possibilidade de parcelamento pós casamento. Ou seja, o prazo é estendido, com total transparência. Dessa forma vocês podem casar na data escolhida sem sem preocupar em estar com tudo quitado previamente.

Organizem-se financeiramente para casar

Antes de tudo, é primordial que vocês saibam exatamente quanto estão gastando e o que estão pagando. 

“Embora estejam se preparando para uma vida a dois, cada um possui seus próprios objetivos e sua realidade. O ideal é que o casal planeje quanto pretende gastar e discuta quanto cada um pode dispôr.”

Mais uma vez, dá se a importância do diálogo sobre como lidar com o dinheiro. Se há uma margem de emergência ela não pode ser contada como parte do orçamento.  

“Durante o planejamento diferentes imprevistos podem acontecer e a reserva de emergência pode ser fundamental para manter as finanças equilibradas.” Reforçou o especialista. 

Organizar-se financeiramente para casar demanda tempo

Ralph destaca o “caminho das pedras” que os levam ao investimento consciente do dinheiro, com menor risco possível.

“Idealmente, cada um deve conversar com um assessor de investimentos que deve ajudar a montar uma carteira de investimentos para o casamento. Sobretudo, os fundos de investimentos sugeridos para cada um dos noivos podem ser diferentes, uma vez que eles podem ter perfil de investimento diferentes.”

Conselho amigo 

Então, o economista conclui: “Finanças pessoais não é um tema de conversar para todo mundo, mas por seu papel importante na vida de todo casal, deve-se fazer um esforço para alinhar as expectativas sobre o tema”.

Além dos conselhos do especialista, vocês podem contar com também com a calculadora Lejour. Por ela vocês podem ter uma previsão de quanto vão gastar no casamento. Usando a plataforma vocês podem acompanhar como estão fazendo os pagamentos e ter melhor organização financeira.

Sobre o Lejour

Lejour é a mais completa plataforma de casamentos, aqui você encontra fornecedores segurados. A plataforma garante o investimento dos noivos em seus fornecedores. Se algum deles falhar e falir o Lejour arcará com as despesas.

Em resumo, ajudamos os noivos a conhecer empresas confiáveis e competentes para que tudo seja perfeito no seu Grande Dia. Outro diferencial, é que o Lejour oferece segurança na contratação, pois há um cuidadoso trabalho de curadoria e seleção para ser um de nossos fornecedores.

E também, contamos com um time especializado em casamentos que dará vocês um suporte personalizado. Lejour é a maneira mais rápida, fácil e segura de casar.

Texto: Vitória Silva

Leia Mais:

10 tendências de casamentos para 2021
Como planejar o casamento em tempos de pandemia
Campo, praia ou cidade. Qual o cenário perfeito para o seu casamento?:
Como escolher o espaço para o casamento
Casamento de dia: descubra as vantagens e saiba como organizar

Artigos Relacionados

Comentários