Casamento no Rio de Janeiro – Roberta e Fábio

Um casamento no Rio de Janeiro em pleno verão com clima rústico-tropical

60 Fotos

Um casamento no Rio de Janeiro em pleno verão com clima rústico-tropical

Roberta sempre quis um casamento rústico cercado pela natureza, e desejava que as fotos tivessem a luz do dia, fossem bem coloridas e ao ar livre.

Ela e o noivo decidiram se casar no meio do verão, com estilo rústico-tropical, em um sítio no Rio de Janeiro.

“Nos conhecemos na academia, mas quem nos uniu foi um amigo em comum de lá. Ele achou que combinávamos e falou para o Fabio que eu estava interessada e vice-versa. Fabio me viu na esteira e me chamou para jantar no mesmo dia.

Conversando, descobrimos que nosso amigo em comum nos arranjou, nunca tínhamos falado um do outro pra ele mas no fim ele estava certo porque deu em casamento. Depois desse dia, tudo fluiu muito naturalmente.

Como trabalhávamos e morávamos relativamente perto, nos víamos durante a semana, almoçávamos juntos e nos encontrávamos a noite também. Acho que em 2 semanas já tínhamos saído umas 10 vezes. Bateu de primeira mesmo, dois leoninos, intensos e apaixonados que somos, não podia ser diferente.

Após 10 meses já estávamos morando juntos! Entre o 1° dia na nossa casinha até a data da festa foram 3 anos, então brincamos que já éramos bem casados, só estávamos comemorando com nossos amigos e familiares o casamento que já tinha dado, e muito, certo”.

O pedido

“Foi no meu aniversário, em agosto de 2016, Fabio fez uma festa surpresa e chamou os nossos amigos mais próximos e alguns familiares, umas 30 pessoas. Esse já foi o 1° susto do dia, não estava esperando todo mundo na minha casa reunido e realmente me pegaram de surpresa. Fabio combinou com uma das minhas melhores amigas todo o esquema, pois só ela sabia que eu seria pedida em casamento também naquela comemoração. Ela que me tirou de casa para almoçar e ele poder arrumar tudo. Mas no mesmo dia, todos acabaram descobrindo e estavam ansiosos para o momento. Na hora do parabéns, até minha irmã e uma amiga que moram fora estavam online em vídeo esperando o pedido.

Fabio disse que queria fazer um discurso sobre os amigos e os sogros queridos que ele tinha, sobre a gente, sobre a nossa vida juntos. Colocou fotos nossas passando na tela do laptop, ao som da nossa música preferida da época, e começou a falar. Após alguns segundos, já notei algumas amigas chorando ou filmando e comecei a desconfiar. Quando as imagens acabaram, apareceu na tela – ‘Você quer casar comigo?’- e quando olhei pro lado ele já estava com o anel me esperando.

Vi ele tremer e imaginei o quanto estava nervoso, ele organizou tudo aquilo sozinho com o maior carinho do mundo! Não preciso nem dizer que foi uma chuva de lágrimas para todos os lados. Foi muito emocionante porque todo mundo que a gente mais ama estava ali conosco, vibrando e emanando boas energias”.

Os preparativos

“Casamos em pleno verão carioca. Busquei uma palheta de cores que correspondesse, cores bem fortes. Misturamos muito verde, amarelo, laranja, rosa choque, roxo e vermelho.

Minhas madrinhas foram todas vestidas em tons de verão também, cada uma com uma cor lisa forte.

O sitio foi a escolha perfeita porque casamos de frente para um lago belíssimo, dançamos debaixo da luz das estrelas e estávamos rodeados de verde, com gambiarras espalhadas por todo o jardim. Fiz questão inclusive que a pista de dança fosse no deck de madeira e que o salão fechado não fosse usado, só usamos a varanda e o jardim.

Foi um lindo dia de sol e por incrível que pareça ameno. Meu convite de casamento era cheio de plantas e flores e em um envelope kraft para os convidados já sentirem o clima, como todo o resto da papelaria.

A costela de adão, por exemplo, não podia faltar em um casamento tropical, estava em toda a decoração e na identidade visual.

Eu nunca fui tradicional e nunca sonhei com um casamento assim. A primeira coisa que falei pra Jaque, minha consultora, foi: ‘eu não sei ainda o que eu quero direito, mas sei o que eu não quero. Não sou romântica, não quero arranjos delicados e não quero tom pastel de jeito nenhum. Gosto de flores e cores imponentes, sou fã de plantas também’.

Adoro um cacto e uma suculenta – meu bolo tinha suculentas e não flores rs. Foi a partir daí que a Jaque sugeriu o novo projeto do sitio, de flores plantadas, e eu abracei a ideia como se ela fosse minha desde sempre, eu só não sabia como chamava”.

O grande dia

“Foi um casamento para 200 pessoas, então podemos dizer que era íntimo e era exatamente isso que eu queria que sentissem.

A energia foi a palavra mais repetida pra nós – ‘que energia maravilhosa que foi a festa de vocês!’.Acho que tudo contribuiu pra isso, mas principalmente a animação da pista, a intimidade dos convidados com o casal e o local e a decoração no meio da natureza.

Como falei, não sou tradicional, quem celebrou nosso casamento foi a minha irmã e a minha amiga (já citada na história), ambas Renatas. Fizeram um texto lindo e muito íntimo e, além disso, fizemos questões de fazer os nossos votos antes do Sim, foi muito emocionante falar para o Fabio e ele falar pra mim tudo que sentíamos. Entrei com a música instrumental dos Beatles ‘All you need is love’”.

 

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Casamento no Rio de Janeiro

Fornecedores

Fotos: Studio Couplé | Local da Cerimônia e festa:  Meio do Mato Eventos | Vestido de noiva: Maria Mendes | Make e Cabelo: Studio 55 Beauté – Sócia Renata | Decoração e buquê: Jaque Vannucci (Meio do Mato Eventos) | Assessoria: Rosí Medeiros (Meio do Mato Eventos) | DJ: Leandro Mendes | Música ao Vivo: Banda Sua Amiga Gosta | Buffet: Eliane Leal Gastronomia (Meio do Mato Eventos) | Doces e Chocolates:  Neide Carraro, Sweet in Box e Carolina Sales | Bem-casado: Denise Cristina | Bolo: Casal Garcia | Topo de bolo: Meio do Mato | Forminhas: Arte e Forminhas | Bar : Caçadores de Drinks | Lembrancinhas: Kombi Fiona  | Rasteirinhas:  LR Chinelos e Brindes | Convite e identidade visual: Lollalice Convites | Filme: Studio Couplé | Grinalda: Angela Pimentel Athayde | Sapato da noiva: Arezzo | Traje do noivo: Brooksfield | Alianças: Vivara | Noite de núpcias: Grand Hyatt RJ

Artigos Relacionados

Comentários