Cardápio para casamento na primavera/verão 2019

A aposta certa são sabores que privilegiem o frescor, com um cardápio que sacie e refresque

9 Fotos

As temperaturas sobem e a estação mais quente do ano está cada vez mais próxima. Nesse período, o cardápio da festa precisa de uma atenção especial para se adequar à temporada.

A proximidade do verão faz com que muitos casais se apaixonem pela ideia de realizar a cerimônia e festa em espaços abertos e em contato com a natureza. Neste contexto, o menu também tem critérios especiais devido ao clima.

Mas, o que servir e como montar o cardápio para casamento no verão? A aposta certa são sabores que privilegiem o frescor, com um cardápio que sacie e refresque, sem perder o charme e a elegância de um evento especial como o casamento.

Para dar sugestões, conversamos com o chef Carlos Coutinho, da Opção A Gastronomia.

Menu para casamento no verão, Opção A

Welcome drinks

Logo na cerimônia e antes da festa podem ser servidas águas aromatizadas, que encontram nas ervas e nas frutas frescas da estação os ingredientes indispensáveis para dar cor e sabor a cada detalhe.

“Sodas Italianas bem gasosas e com xaropes refrescantes como o de maçã verde, grenadine e melancia. Sucos elaborados também criam uma opção de bebidas que fazem muito sucesso no verão, como a limonada suíça com manjericão”, sugere.

Estação de águas aromatizadas, Opção A

Coquetel ou menu completo?

Devido ao calor, muitos noivos podem ficar em dúvida sobre se devem ou não servir um jantar tradicional. “Sempre que a festa tiver a duração maior que quatro horas, não se pode deixar de inserir pratos mais substanciosos. Não necessariamente um menu completo de almoço ou jantar, mas pequenos bowls com saladas, massas e risotos, por exemplo”, explica Carlos Coutinho.

Coquetel para casamento, Opção A

As finger foods (comidinhas em miniatura) também são tendência. Elas devem ser leves e distribuídas para complementar as ilhas gastronômicas, proporcionando variada experiência de sabores.

A cozinha mediterrânea é a principal origem das inspirações do chef. “Antepastos italianos e turcos, queijos franceses, embutidos espanhóis e pães artesanais de longa fermentação, resgatados de regiões com o leste europeu e também da Califórnia”.

As entradas devem ser frias e frescas, com destaque para o ceviche de tilápia com manga. Já para os pratos principais deve-se escolher opções leves, como o rosbife de mignon ao molho cítrico com mostarda dijon e tapenade de azeitonas com damascos.

Sobremesas

A sobremesa tem nas frutas frescas a sua base, com sugestão do merengata de limão com morangos e calda de frutas vermelhas. Sorvete também é unanimidade na hora de escolher uma sobremesa refrescante e saborosa. Para fugir da simplicidade, surpreenda na apresentação, servindo o doce na casca da fruta ou misturado a outras sobremesas em um pote.

Mousse de limão siciliano, maracujá, frutas vermelhas e coco também costumam fazer sucesso na ocasião.

O bar

Bebidas refrescantes combinam perfeitamente com casamentos na primavera e no verão. Não é à toa que muitos casais estão servindo drinques com Aperol e Gin Tônica, além de espumantes e mojitos.

Mesa de doces

Que mesa de doces sobrevive ao clima tropical? Para driblar os desafios causados pela temperatura existem diversas práticas que devem ser aplicadas durante a festa.

A dica de ouro é escolher um local com baixa incidência de sol e calor, mas há outros truques que auxiliam a manter a mesa perfeita, “bem cheia e vistosa” como indica  Coutinho.

Uma delas é optar por bolo cenográfico, mantendo o verdadeiro em refrigeração até o momento de ser servido. Para o sabor, o chef sugere a escolha pelo semi-espatulado com frutas frescas e flores comestíveis.

Texto: Patrícia Milão

Veja também:

Frases para gravar nas alianças do casamento

Como montar a mesa de doces perfeita

Decoração de casamento no estilo receber em casa

Como escolher o bolo de casamento perfeito

Maneiras diferentes de servir macaron no casamento

Ideias de embalagens para o bem-casado

Artigos Relacionados

Comentários