7 coisas que ninguém fala sobre o espaço do casamento

Seja em um salão, hotel ou restaurante, é preciso estar atenta a alguns pontos essenciais

Você ficou noiva, o anel está no dedo e o pedido foi anunciado. Agora é hora de correr atrás e começar a organizar o grande dia. Um dos primeiros pontos de decisão do casamento é decidir em qual espaço ele vai acontecer.

Já escolheu o espaço para o seu casamento? Clique aqui para saber mais

Seja em um salão, hotel ou restaurante, é preciso estar atenta a alguns pontos essenciais que nem sempre são tão evidentes assim. Confira os itens abaixo antes de assinar qualquer contrato.

A licença/ alvará de funcionamento

“Importantíssimo se certificar de que o lugar escolhido para o casamento está apto para seu funcionamento e que não possui nenhuma pendência ou irregularidade, pois significa que o fornecedor tem cumprido as normas de segurança, saúde e higiene, e isso quer dizer que seu evento não será surpreendido com nenhum imprevisto”, diz Isabella Cilento Pinho, sócia da Elas Assessoria, de São Paulo.

Leia também:

O que não pode faltar no contrato dos fornecedores do casamento

Como escolher o buffet para a festa de casamento

Os serviços adicionais que não estão inclusos no valor da locação

Quando o espaço disponibiliza o orçamento com os valores da locação, nem sempre ele inclui o valor total dos gastos que os noivos terão. Isso porque, além da diária do espaço, existem outros itens que devem ser contratados obrigatoriamente para que o ambiente funcione.  

“Limpeza, segurança, gerador, camareira, valet e chapelaria são alguns dos inúmeros serviços que a noiva vai precisar no grande dia”, conta Isabella. Como nem todas as casas costumam passar o custo total com esses adicionais obrigatórios, vale a pena logo de cara perguntar qual o valor total, somando essas necessidades básicas ao aluguel do espaço.

A capacidade máxima da casa

Para tudo ser perfeito, analise se o lugar acomoda com conforto o número de convidados que você está pensando para o grande dia. Se a respostas for negativa, descarte a ideia. “É importante entender se o espaço comporta confortavelmente as pessoas da sua lista. Para não correr riscos da sensação de festa lotada demais, o ideal é que o ambiente tenha uma capacidade um pouco maior que o que você está pensando em ter na sua comemoração”, diz Isabella.

A cobertura da área aberta

Se o espaço for aberto é importante saber quanto custa uma cobertura para o local antes de fechar contrato. A dica é da assessora Beta Lima, de São Paulo. “Tem que pensar em tudo isso e contar com a possibilidade, por exemplo, de um dia chuvoso. Nesse caso, os noivos poderão ter que desembolsar em torno de 20 mil reais para cobertura e montagem de estrutura para poder utilizar a área aberta.  É importante saber se esse custo será viável”, explica.

A sala dos noivos

É comum que as noivas busquem saber se há uma sala reservada determinada para retocar a maquiagem, arrumar o vestido e o penteado. Não custa nada perguntar se existe e se há custos extras para utilizá-la.

A cozinha

Um espaço para realização de eventos deve ser pensado ainda para aqueles que estarão servindo. Uma cozinha completa, espaço para o buffet e de apoio aos funcionários proporcionam as condições necessárias para que eles façam o melhor trabalho.

O tempo de contrato com o local

Suzana Freire, assessora de São Paulo, esclarece que, ao fechar o contrato no espaço, a noiva  precisa considerar o tempo extra festa, que será usado para os profissionais montarem e desmontarem o evento. “Se não houver tempo suficiente, as empresas de decoração terão que trabalhar com equipe maior em menos tempo, e isso pode acarretar custos extras. É importante considerar ainda o horário que a festa tem que acabar além do número de horas contratadas, porque há locais que precisam respeitar lei do silêncio, por exemplo. E por fim, desde o início ter previsto em contrato o valor de cada hora extra para que toda e qualquer cobrança pós-festa seja previamente considerada sem sustos”.

O contrato com fornecedores exclusivos

Há locais que têm parcerias com empresas de sonorização, iluminação, buffet e valet, e algumas vezes esses serviços não podem ser substituídos pelo de outras empresas. “É importante considerar esse ponto antes de assinar contrato, para que a noiva não tenha frustração por não ter considerado as restrições e exigências do espaço. Afinal, cada item interfere no resultado do grande dia”, diz Suzana.

Veja também:

Como montar a mesa de doces perfeita

Decoração de casamento no estilo receber em casa

Como escolher o bolo de casamento perfeito

Maneiras diferentes de servir macaron no casamento

Ideias de embalagens para o bem-casado

Artigos Relacionados

Comentários