Noivas contam: Como escolheram a assessoria do casamento

O papel da assessora é fundamental e faz toda a diferença no casamento

Organizar um casamento é uma tarefa deliciosa, mas que exige muita dedicação. Muitos detalhes devem ser levados em conta e especialistas do ramo de festas recomendam um período de um ano para deixar tudo em ordem.

O papel da assessora (ou cerimonialista/wedding planner) é fundamental e faz toda a diferença neste cenário. Ela é a responsável pela gestão do casamento como um todo e vai acompanhar os noivos do começo ao fim dos preparativos.

Leia também:

Noivas contam: Como diminuir a lista de convidados do casamento

Noivas reais contam como escolheram a assessora responsável por seu casamento. Confira:

Bruna

“Desde o começo eu sabia que precisava de duas coisas: uma assessoria completa, pois eu trabalho muito e precisava de alguém que fosse meu braço direito, e uma pessoa que, assim como eu, fosse objetiva e conseguisse me apresentar de duas a três opções certeiras para cada fornecedor. Também precisava ser uma pessoa que combinasse com o estilo que eu escolhi para o meu casamento, uma pegada mais moderna e diferente do tradicional. A indicação da minha assessora veio do espaço que eu escolhi para casar. Eles me deram dois nomes de assessorias que costumavam realizar casamentos por lá e, logo que conheci, já gostei da primeira indicação e fechei contrato com ela. Adorei e recomendaria minha assessora para todo mundo”.

Stephanie

“Conversei com três profissionais, duas bem conhecidas e uma que encontrei no guia de fornecedores de um site, e foi essa que acabei escolhendo para ser minha assessora. Meu critério foi o custo, queria alguém capaz de realizar um bom trabalho dentro de um determinado valor. Confie na assessoria porque estava citada em um site renomado, mas detestei o trabalho dela. A assessora tinha parceria com fornecedores e ficou forçando a barra para fechar com eles. Todos os fornecedores que fechei por intermédio dela eram péssimos”.

Júlia

“Pode parecer brincadeira, mas eu fui sorteada em uma feira de noivas e ganhei a assessoria do meu casamento. Ele ajudou a gente durante os preparativos, mas não saiu tão de graça assim, porque no dia do casamento nós tivemos que pagar toda a equipe dele, o que no final não fez tanta diferença. Como meu noivo e eu somos muito decididos, não aceitamos muitas das indicações que o assessor nos deu. Se não fosse o sorteio não sei se teria escolhido ele. Com certeza não foi um dos meus melhores fornecedores”.

Amanda

“Primeiro pesquisei com amigas que já tinham casado, acho que a melhor forma para escolher é saber a opinião de quem já viveu a experiência. Marquei de conversar com três profissionais, porém, quando conheci a segunda assessora já tive certeza que seria ela. O mais importante é a ajuda da assessora na indicação dos fornecedores, acho muito importante o que ela acha, se já trabalhou junto e qual a reputação de cada empresa do mercado”.

Roberta

“Na verdade eu não escolhi minha assessora. Como decidi me casar em um espaço que vendia o pacote de casamento completo, a assessoria já veio junto no contrato – era uma decoradora que me assessorou o tempo todo e tirou todas as minhas dúvidas. Faltando algumas semanas para a festa, o espaço colocou disponível a assessoria que trabalhou no dia do casamento, então no fundo tive duas assessoras, uma durante os preparativos e outra que cuidou do cerimonial”.

Veja também:

Assessora de Casamento: Completa x do Dia

Como escolher a assessora de casamento

Artigos Relacionados

Comentários