O que não pode faltar no contrato dos fornecedores do casamento

O contrato deve estar bem detalhado e incluir uma multa em caso de não cumprimento dos termos

Organizar todos os detalhes do casamento não é uma tarefa fácil. Comida, música, decoração, espaço, iluminação, fotógrafo, filmagem, lembrancinhas e outros serviços. São muitos fornecedores envolvidos e é fundamental documentar o que foi combinado com cada um deles.

Já escolheu o espaço para o seu casamento? Clique aqui para saber mais

O contrato dos fornecedores deve estar bem detalhado e incluir uma multa em caso de não cumprimento dos termos. É a melhor forma de garantir que tudo aconteça sem dor de cabeça e dentro do prazo estipulado.

Leia também:

Como funciona a licença-casamento

Como escolher o buffet para a festa de casamento

Noivas contam: Como diminuir a lista de convidados do casamento

A seguir, veja as principais dicas para criar o contrato de fornecedores:

Pesquise a reputação do contratado

Gostou de um fornecedor? Busque indicações e pesquise a opinião de outras noivas. Descubra se eles cumprem prazos e se entregam o que prometem. A precaução serve de segurança para ambos os lados.

Descreva o serviço contratado

É importante descrever o serviço da forma como você gostaria que fosse feito ou entregue. Aponte o que seria obrigação do fornecedor e liste exatamente os itens ou serviços que está pagando. Assim, não haverá dúvidas ou cobranças posteriormente.

Prazos

Exija o dia e o horário da entrega dos produtos ou serviços. Isso serve para o recebimento antecipado, como bem-casado, por exemplo, e também o que vai receber depois da cerimônia, como foto e vídeo.

Melhor prevenir

O buffet precisa ter descrito não só a quantidade de convidados, mas também o tipo de louça que será usada,  flores, aluguel de móveis… A gravação deve relatar quem será o profissional responsável e quais os equipamentos utilizados. Em relação à música, é preciso definir o que os noivos querem ouvir, qual estilo, que horas começa e termina. No quesito aluguel de trajes, inclua detalhes sobre danos ou atrasos na devolução dos itens.

Multas

Esse é um assunto que ninguém quer falar, mas é sempre muito necessário. Faça uma cláusula para abordar as multas geradas e evite surpresas ou cobranças abusivas. Louça quebrada, atraso da noiva, cadeira sem perna, entre outros. A situação pode acontecer, então é melhor que esteja documentada com as consequências do dano.

Cancelamentos

Todos os contratos devem ter uma cláusula sobre o cancelamento do serviço contratado. É preciso informar sobre multas, consequências e uma possível devolução de valores pagos.

Pagamentos

A forma de pagamento, à vista ou parcelado, deve estar mencionada em contrato, bem como as datas previstas e a forma de pagamento. Não esqueça de pedir um recibo de tudo que foi pago.

Texto: Andrea Giusti

Veja também:

Frases para gravar nas alianças do casamento

Como montar a mesa de doces perfeita

Decoração de casamento no estilo receber em casa

Como escolher o bolo de casamento perfeito

Maneiras diferentes de servir macaron no casamento

Ideias de embalagens para o bem-casado

Artigos Relacionados

Comentários